ensino com
paixão e entusiasmo

A soma das visões de profissionais e artistas com a diligência que a arte exige, formam uma maneira inovadora de transformar teoria em experiência.

bg

Experiência

É na experiência que residem as melhores memórias, por isso procuramos evidenciar mais o fazer do que o contar. 

Buscamos fugir da rotina porque a novidade é o que faz nossa vida passar mais devagar, que nos tira do automático. Aqui na Escola Casa a novidade  está no conteúdo das aulas, na maneira de ensinar, nos trabalhos desafiadores e sempre diferentes, no ambiente que sempre muda, no ar.  

Todos os pontos de contato da Escola Casa foram planejados para gerar experiências enriquecedoras. Conhecimento e autoconhecimento. Mas provar é melhor do que ler 😉

Coisas legais são mais fáceis de aprender por isso nos tornamos mais do que uma escola, hoje somos um ambiente de promoção à criatividade, que busca aprofundar conhecimentos através de atividades desafiadoras, propiciando conhecimento e autoconhecimento.

Chamamos nosso jeito de ensinar de "Ensino Vivo". Aprendizagem baseada em projetos, ensino híbrido e Design Thinking. Facilitamos cenários de aprendizagem que favoreçam o aprendizado e o engajamento dos alunos.

Isso garante que tenhamos uma manutenção contínua da tarefa em mãos e que possamos fazer conexões conceituais para inspirar nossas soluções estéticas.

Sem essa de encher a grade com conteúdos massantes e discursos intermináveis. Somos pontuais. Mostramos o que realmente importa, com base no mercado e nas suas expectativas.

Pouca gente por vez garante a atenção do professor e facilita a integração, a pesquisa e o desenvolvimento. Pouca gente muito legal. Nossa política educacional prevê um número reduzido de alunos por turma e vários horários.

Osmose não está entre nossas técnicas de ensino, mas mão na massa sim. Por isso nos descrevemos como escola prática. Professor não é conferencista, aluno não é espectador, portanto os mergulhos são profundos e as trocas são constantes. Afinal é isso que vai garantir ao aluno a desenvoltura que ele precisa no mercado.

Um projeto precisa de apoio, por isso estamos sempre a disposição daqueles que buscam suporte.

Como Casa que somos, estamos abertos à todo mundo. Isso fica mais evidente nas sextas-feiras quando os alunos ficam a vontade para transitar pela Escola  e experimentar equipamentos, estreitar relacionamentos e participar de discussões multidisciplinares.

ÚLTIMAS DO BLOG

Capa do Blog Como se tornar um freelancer
Mercado

Como se tornar um freelancer

Capa do Blog Conheca os processos de estamparias e estampas que marcaram epoca
Sem categoria

Conheça os processos de estamparias e estampas que marcaram época

Capa do Blog Como utilizar gatilhos mentais para social media
Sem categoria

Como utilizar gatilhos mentais para social media

demitir um cliente
Dicas

Como demitir um cliente