Sem fazer sorteio! Como escolher a tipografia certa para seu texto

Sem fazer sorteio! Como escolher a tipografia certa para seu texto

Bingo! O estilo de tipografia escolhido dará voz para seu texto, então é necessário optar corretamente

 Você já está com tudo planejado, mas quando chega a hora de escolher a fonte perfeita para seu texto, trava. Aí entra no modo “o que aparecer primeiro, vai”.

Cada mensagem possui um conceito. A tipografia reitera esse conceito e facilita o vínculo entre emissor e receptor. Ela traz estilo e personalidade para o texto.

Dessa forma, as letras têm papel fundamental no layout: Elas são a “voz” da mensagem. Por isso é importante conhecer bem os estilos tipográficos para saber qual usar em cada tipo de trabalho, buscando transmitir a mensagem da forma mais coerente.

Mas o que é tipografia?

Tipografia é a base da comunicação escrita. O tipo escolhido precisa adequar a mensagem que deseja passar e como deseja que seja recebida pelo leitor. Ela pode transmitir várias emoções como alegria e tristeza, ou até mesmo sensações como segurança, seriedade, descontração.

Com a era digital, a tipografia se expandiu, possuindo milhares estilos, formas, entre outras opções. Confira alguns exemplos:

Old Lodon

Você imagina esta fonte num texto fofo? A fonte Black Letter ou fonte gótica mostram uma característica mais agressiva e uma comunicação imponente, combinando mais com textos majestosos.

Lucida Bold

Fontes com serifas são as tradicionais, com uma comunicação mais séria e acadêmica. São bastante utilizadas em livros e grandes volumes de texto impresso, já que auxilia na leitura com maior continuidade e sem tanto cansaço visual.

Caveat Brush

Já está fonte não transmite muita seriedade. Tipografias no estilo Hand Lettering têm traços mais humanizados, com uma comunicação mais irreverente, combinando com algo mais divertido.

Monteserrat

O estilo Sans Serif (sem serifa) é marcado por traços geométricos e minimalistas, que comunicam de forma mais clara e objetiva. São mais utilizadas em títulos, chamadas e em textos digitais.

Além de escolher a tipografia ideal, é necessário ficar atento na legibilidade, no contraste de cor e no espaçamento de linhas. Tudo isso faz parte da composição perfeita para você e para o leitor.

Conhecer os estilos e o que eles representam ajuda a economizar tempo e ter mais justificativas para a escolha. Não levar isso em conta na hora de definir a tipografia que conterá a mensagem, pode fazer com que ela perca força, soe estranho ou crie confusão.

Não “sorteie” as letras, predetermine o estilo. Isso ajuda a escolha ser mais rápida e segura.

E aí, qual seu estilo tipográfico preferido e qual te define mais? Deixa um comentário pra gente!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
VER TAMBÉM

ARTIGOS RELACIONADOS

Ao continuar você concorda com nossa política de uso de cookies.